quarta-feira, 23 de junho de 2010

Papo de Teleco Teco: Uma pequena história do "vagabundo" violão brasileiro

O mesmo violão que hoje ilumina cancioneiros e corações, já teve seu lado marginal na história brasileira. No início, por estar inserido como instrumento da música popular fazendo mais parte do povo que da burguesia (a exemplo da história dos pandeiros sambistas) o violão também foi marginalizado e rotulado como instrumento de "vagabundagem"; afinal era costumeiramente usado pelos bohêmios nas rodas de samba, choro e seresta. Nos tempos atuais muita coisa mudou e o mesmo instrumento rotulado de vadio pela elite, através de várias mãos talentosas ganhou seu lugar no cenário musical brasileiro, mudando o cenário e expandindo talentos Brasil a fora. De lá para cá os talentos se expandiram surgindo monstros do violão como Baden Powell, Raphael Rabello, Yamandú Costa, e claro nosso prata da casa Alessandro Penezzi. O violão também inspirou composições clássicas destes encontros , como "Triste Madrugada", uma homenagem do cantor Jorge Costa a Chico Buarque, que de certa forma registra e resgata através de seus versos, o clima boemio que estes instrumentos propiciavam.

Triste MadrugadaComposição: Jorge Costa
Triste madrugada foi aquela
Que eu perdi meu violão
Não fiz serenata pra ela
E nem cantei uma linda canção
Uma canção para quem se ama
Que sai do coração dizendo assim
Abre a janela amor, abre a janela
Dê um sorriso e joga uma flor pra mim
Cantando assim, la la...

E como falar de violão sem citar Yamandu Costa, Raphael Rabello e Alessandro Penezzi seria um pecado, o Ecos disponibiliza alguns trabalhos destes músicos incríveis e seus instrumentos "vadios", afinal o que seria da música sem a boemia? E o que seria da boemia sem o violão?















Alessandro Penezzi - Abismo de Rosas 2001






Atenção: Este link encontra-se na Internet através de blogs e não é de responsabilidade do Ecos do Teleco Teco devendo ser deletado de seu micro no período máximo de 24 horas.Recomendamos que adquiram o cd na intenet através de sites como http://www.buscape.com.br/ ou similares preservando os direitos do ator)
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!